fbpx
Bueno Brandão
11 de junho de 2019
Volkspod
6 de janeiro de 2020

Morando em Ilha Bela - Rita e Patricia Diniz

 

A Campinas Decor 2019, principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista, recuperou mais um imóvel de valor histórico na cidade.

Um casarão construído no final do século 19, em pleno bairro Cambuí, “coração” da cidade de Campinas, recebeu a principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista, a Campinas Decor 2019.
Foram investidos cerca de R$ 7 milhões para a montagem da edição, divididos entre organização, patrocinadores, expositores e fornecedores - desse total, cerca de R$ 2 milhões foram consumidos apenas nas obras de recuperação. O evento recebeu cerca de 30 mil visitantes.
A imponência do imóvel, conhecido por ter abrigado o antigo Colégio Ateneu, com espaços amplos e pé direito alto, estimulou a criatividade dos expositores.
Durante as obras de recuperação do imóvel e de preparação da mostra, organização e expositores reconstruíram as redes hidráulica e elétrica, recuperaram telhado e paredes, e refizeram e restauraram pisos e revestimentos.
Os trabalhos envolveram um verdadeiro exército de profissionais - arquitetos, paisagistas, engenheiros, artistas plásticos, pedreiros, pintores, jardineiros, carpinteiros e entregadores, entre outros. Nos horários de pico, o local chegou a reunir cerca de 500 pessoas ao mesmo tempo e foram gerados cerca de 1.500 empregos diretos.

 

A Bigbox Esquadrias de Alumínio foi uma das empresas que participou da restauração e todos da empresa se sentem ‘honrados em ter participado da Campinas Decor 2019, e poder ter feito parte desse grande projeto de sucesso, com serviços de alta qualidade e junto de profissionais consagrados’. Além disso, destacou a iniciativa de toda equipe e aos profissionais da Campinas Decor. “Foi mais um belíssimo projeto entregue à cidade de Campinas, de grande utilidade e duradouro”, ressaltou.
Após a realização da mostra, graças à doação das benfeitorias, o casarão pertencente à prefeitura e tombado pelo CONDEPACC (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas) será utilizado para abrigar a Secretaria de Educação do município. Serão instalados no imóvel o gabinete da secretária, assessoria jurídica, diretorias e coordenadorias.


 

O Casarão

O casarão em pleno coração da cidade fazia parte de uma chácara, na área rural da cidade, lá pelos idos de 1800. A casa – descrita nas plantas como “casa de residência” – foi construída no fim do século 19 em alvenaria de tijolos, acompanhando as técnicas construtivas da época. O pavimento elevado era embasado por um porão, que prevenia infiltrações nos cômodos. A arquitetura do imóvel refletiu a transição entre o ambiente rural para o urbano: sem a ostentação dos espaços grandiosos das casas de fazenda ou a ornamentação luxuosa dos palacetes e solares dessa mesma época. Provavelmente, ao mesmo tempo, a chamada “casa antiga”, que ficava ao lado (e depois foi demolida), foi ampliada com uma ala em tijolos.
Antes das intervenções, a chácara tinha 24 mil metros quadrados e a casa era ladeada por canteiros e jardins. Tinha acesso por meio de três escadas, duas das quais existem até hoje. O restante da propriedade era totalmente ocupado por plantações e havia um moinho de vento em aço, utilizado nas irrigações. Durante os anos a residência recebeu várias melhorias promovidas pelos donos da época e, nos últimos anos, foi adaptada para uso educacional, como o Colégio Ateneu, que permaneceu até o fim da década de 90. Foi tombado pelo Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas), após um estudo iniciado em 1997, cujos argumentos apontavam para o vínculo do local com a história de Campinas e com o desenvolvimento cultural e educacional da sociedade. Em 2013, a Prefeitura de Campinas adquiriu o patrimônio cultural da cidade, que abriu suas portas para receber a principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior do Estado.


Conheça um pouco dos espaços desta mostra tão importante da região.
www.campinasdecor.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *